Repensando o critério de sucesso

Entrega A tecnologia da informação foi criada com o objetivo de colaborar com o negócio das empresas. Isso se deve pelo fato importante de através de seus negócios as empresas realizam seu objetivo principal, o lucro [1].

Dado isso é de se imaginar que o sucesso dos projetos de software seja medido pelo sucesso dessa colaboração. Porém, o que acontece na prática é que frequentemente são usados apenas critérios puramente relacionados ao próprio projeto de software [2]:

  • Custo;
  • Prazo;
  • Qualidade.

Custo e tempo são restrições; qualidade é um requisito. Nenhum dos critérios citados, porém, podem ser usados para medir o sucesso de um projeto. Mesmo que um projeto siga a risca todos esses critérios ele pode fracassar e mesmo que não siga pode ser um grande sucesso. Para exemplificar essa idéia vamos analisar o caso de dois projetos descritos pela revista CIO.

Comparando sucessos

O primeiro caso é de uma empresa do setor financeiro:

A new system to enable rapid development, testing, deployment and measurement of collections strategies and to improve collections performance was six months late and cost more than twice the original estimate (final cost was $5.7 million). But the project ultimately created a more adaptive organization (after 13 months) and was judged to be a great success---the company had a $33 million reduction in write-off accounts, and the reduced time-to-value and increased capacity resulted in a 50 percent increase in the number of concurrent collection strategy tests in production.

O projeto foi finalizado com seis meses de atraso e custou mais que o dobro do valor estimado originalmente. Usando o critério tradicional de sucesso e analisando as linhas de base, o projeto falhou. Porém, para a empresa e analisando os resultados o projeto foi um grande sucesso.

Agora compare com outro projeto desenvolvido por uma empresa de gerenciamento imobiliário:

A real estate management company successfully completed a two-year project to develop a Lotus Notes--based CRM application that was designed to provide strategic advantage in leasing vacant space. The project met all the project specifications but didn’t successfully integrate with the company’s business processes. So in the end, no one used it.

O projeto foi finalizado dentro do custo, prazo e conforme especificado. Porém no final não foi usado por não antender às necessidades do negócio, ele fracassou.

É preciso repensar como fazemos software

A causa raíz da maioria dos problemas é a forma como encaramos o desenvolvimento de software. Um projeto de software é uma solução, se o problema não foi resolvido o software não funciona.

Complementos

Applied Insight - Tracks in the Snow


[1] Apesar da definição tradicional de o objetivo primário de uma empresa ser o lucro, existem exceções. Para alguns casos interessantes ver Small Giants: Companies That Choose to Be Great Instead of Big.
[2]Para um exemplo conhecido do uso desses critérios ver The Standish Group - Chaos Report